Image Map A Providência: OS ANTIGOS 52: TOUROS COWBOYS, ESPADA MÁGICA E PÃO E VINHO    

OS ANTIGOS 52: TOUROS COWBOYS, ESPADA MÁGICA E PÃO E VINHO


Xuxu beleza, galera? Meu nome é Neto Araújo e sejam bem-vindos a outro episódio de A Providência. Nessa matéria, eu gostaria de começar uma série nova no blog chamada “Os Antigos 52”, que na verdade, o nome é uma paródia a “Os Novos 52”. Nessa série eu falarei sobre coisas antigas que eu assistia na minha infância, como desenhos, animes que passavam na TV aberta, filmes, séries e até mesmo músicas. Será uma maneira de relembrar um pouquinho o que alguns de nós passava vendo naquela tarde tediosa sem ter o que fazer. Vai ser divertido e vocês vão gostar. Não vai ser nada grande e vocês vão curtir bastante. Vamos nessa?


Começando, eu gostaria de ligar a TV no SBT onde está passando “Os Valentes Cowboys de Moo Mesa”. Esse divertido desenho que passava de manhã, fazia com que as crianças dos anos 90 levantassem de sua cama com seu cobertor para assistir touros cowboys que combatiam o crime no Oeste. Oh, nossa, mas como isso ocorreu, Neto? Ao que a história indica, um meteoro caiu nas planícies do Oeste causando uma mutação bovina ao ponto de atingir todos os seres que estavam ali. Eles acabaram se desenvolvendo tanto, que criaram uma comunidade ao ponto de ser algo entre o humano e o animal. Bem, se pensarmos assim, não é tão estranho já que eles usam tanto couro e montam em cavalos. Mas sem zoeira, o desenho é protagonizado pelos valentes Montana, Dakota e Cowlorado. O mais legal sempre foi o Buffalo Bull, mas ninguém nunca quis assumir, né?! Tirando o fato que Cowlorado é um nome muito ruim, haha, mas as criancinhas não ligavam. Alguns personagens, como dá para ver, são paródias de vilões do Oeste, como o Buffalo Bill.



Brô, impossível não amar esse desenho. Eu estou falando para você deixar sua TV ligada no SBT e assistir comigo “Samurai Jack”. A história se passa quando um grande mal, conhecido como Abu, tenta levar a destruição a humanidade. O simples clichê de sempre, mas, o imperador, um cara fodão com uma espada samurai mágica, que na verdade é uma katana mágica, luta contra esse grande mal e o aprisiona durante anos. Porém, Abu consegue se libertar e dessa vez, ganha a batalhar contra o imperador, o derrotando. Seu filho, que seria um tipo de esperança, é levado para várias partes do mundo para aprender habilidades novas, como manejar armas diferentes e aprender artes marciais. Quando ele volta, reivindica a espada e quando quase derrota Abu, o mesmo consegue mandar o Samurai para o futuro onde as pessoas o chamam de Jack. Poxa, o melhor nome do mundo para o cara. Será que todas as pessoas fodas têm Jack no nome? (Lembrando de Jack Chan). Enfim... Assim ele começa sua aventura para derrotar Abu, que conseguiu dominar o mundo, e assim livrar a humanidade dele e voltar ao passado.



Por fim, mas é claro, nem menos importante, continuaremos no SBT e assistiremos dessa vez, a linda, emocionante e inspiradora história de Marcelino Pão e Vinho. Gente, sério, naquele tempo eu nem me ligava que o desenho era religioso. Eu sabia que no final do desenho ele falava com alguém, mas não sabia que era com Jesus Cristo. Eu tipo, adorava as aventuras que ele tinha. Não perdia um dia desse desenho, porém, o que mais me deixava emocionado era aquela música que, ainda hoje, eu fico arrepiado quando lembro. A história se passa quando uma senhora na chuva deixa seu bebê na frente de um Monastério. Pelo que dá para entender, ela não queria fazer aquilo, mas não tinha condições para continuar com seu bebê. Percebemos isso pelas lágrimas dela e pelas roupas muito humilde que vestia. Os freis Ding Dom, Pássaro, Mingau e Provérbio, com a ajuda do reverendo Prayor, decidem criar a criança. Seu nome, Marcelino, foi dado devido ao dia que foi encontrado na frente da porta do Monastério, e Pão e Vinho, devido a voz que conversava quando levava às duas coisas até ela, ou seja, percebemos hoje em dia que é Jesus Cristo. Lindo, não é?!



Esses três desenhos fizeram parte da infância de muita gente, e espero, que esse pequeno momento que vocês tiraram para relembrar, façam alguma diferença no seu dia. Espero que esteja um pouquinho mais feliz, porque eu estou muito. Enfim, galera, foi incrível “conversar” com vocês sobre “Os Valentes Cowboys de Moo Mesa”, “Samurai Jack” e “Marcelino Pão e Vinho”, e espero que vocês voltem mais vezes para conferirem as outras matérias. É isso. Até a próxima. Wild World Communications desligando.


Um comentário:

  1. Estou passando para agradecer o apoio que recebi e pedir desculpas por sumir tanto tempo. Estou tentando voltar aos poucos.
    Um beijo enorme! Sucesso!

    www.chadefirulas.com.br

    ResponderExcluir